fbpx

Ever Franetovich e Rodrigo Pflucker vencem pela primeira vez no TCR South America

Ever Franetovich e Rodrigo Pflucker vencem pela primeira vez no TCR South America

Río Cuarto, 31 de outubro de 2021 – A primeira etapa da história do TCR South America em território argentino coroou dois novos vencedores na categoria, competindo por países que ainda não haviam triunfado, Argentina e Peru.

Saltando da pole, o estreante argentino Ever Franetovich ergueu a primeira vitória de um competidor de seu país no campeonato com o Lynk & Co #114. A segunda vitória ficou para o peruano Rodrigo Pflucker, a primeira de um Hyundai no ano.

A liderança do campeonato retornou ao espanhol Pepe Oriola e o Honda #74 da equipe W2 Pro GP. Ele foi terceiro na primeira corrida e quarto na segunda, em que Rodrigo Baptista acabou punido com bandeira preta.

Pela Copa Trophy as duas vitórias em Río Cuarto ficaram com o estreante argentino Ernesto Bessone e o Lynk & Co #44. Adalberto Baptista sustenta a liderança na classe com o Audi #10 da Cobra Racing.

O próximo compromisso do TCR South America acontece em 12 e 13 de novembro, em Buenos Aires. Será a segunda etapa de endurance da temporada.

As corridas

A primeira largada ocorreu sem incidentes em Rio Cuarto, Ever Franetovich manteve a liderança, seguido por Rodrigo Pflucker. Mais para trás Pepe Oriola e Raphael Reis escalavam o pelotão, no fechamento da primeira volta o espanhol saltou de sétimo para quarto e o brasileiro era o quinto colocado.

Na sequência Oriola passou a atacar Manuel Sapag e rapidamente assumiu o terceiro lugar, no meio do pelotão Sapag Reis e Rodrigo Baptista disputavam o quarto lugar.

No final da prova Pflucker e Franetovich perderam terreno para Oriola, o espanhol da W2 Pro GP fez uma excelente manobra para a assumir um segundo lugar e passou a pressionar o líder, na penúltima volta chegou a colocar metade do carro ao lado do líder mas sem sucesso.

Na última volta os três primeiros vinham muito próximos, Oriola tentava assumir a ponta até que na curva final Pflucker fez uma manobra surpreendente ao colocar seu carro lado a lado com Oriola e recuperar o segundo posto. Franetovich foi o vencedor liderando todas as voltas.

A segunda corrida teve a inversão do grid em relação ao resultado do quali, com Adalberto Baptista e Roy Block compartilhando a primeira fila. Adalberto não tracionou bem na partida, Oriola veio por fora e Reis seguiu. Rodrigo bloqueou roda na freada e tocou Reis. Este atingiu Adalberto, Oriola e Sapag.

Facundo Marques e Bessone então aproveitam a esparramada geral da primeira curva e tratam de assumir as duas primeiras posições. Rodrigo contornou a curva em terceiro e Franetovich em quarto. Na relargada o #114 executa bela manobra sobre o Audi e avança para terceiro. O #13 então levou bandeira preta pelo incidente na largada e foi forçado a se retirar.

Na volta 5 uma linda disputa pela liderança da prova viu a chegada de Pflucker e Franetovich. O peruano foi muito sagaz para avançar de terceiro para a liderança e o vencedor da primeira corrida acompanhou, deixando Bessone e Marques para trás.

O argentino estreante do #88 com o Honda da Squadra Martino então teve que passar pelos pits por um pneu furado, perdendo o posto no top5.

Depois do início frenético, as diferenças entre os ponteiros se estabilizaram, com Franetovich procurando atacar pela liderança na volta 10 e, logo atrás, Bessone, Oriola e Reis correndo tranquilos.

Nas voltas finais a chuva apertou e com isso o peruano conseguiu livrar margem na dianteira.
O próximo compromisso 12 e 13 de novembro em Buenos Aires para a segunda etapa de endurance

O que eles disseram:

“Foi uma corrida muito linda, com boas manobras e muita concentração o tempo todo. Vinha atrás no início da segunda bateria e pude evitar a confusão na largada. Depois vi os dois primeiros batalhando e consegui passar de terceiro para a liderança. Agora é comemorar o resultado das duas provas, já que o intervalo entre elas era curtinho”
Rodrigo Pflucker

“Superou minha expectativa essa etapa! Contente em dobro pelo fim de semana: pole, vencemos a primeira e agora segundo lugar. Tratei de seguir o Rodrigo mais próximo possível e, no fim, começou a subir a temperatura. Então tratei de levar até a bandeirada final. Tenho que agradecer a toda equipe PMO Motorsport e todos que fizeram isso possível. Quem sabe conseguiremos estar na próxima. Foi uma oportunidade incrível e agradeço muito.”
Ever Franetovich

“Ontem a situação foi meio maluca com o quali na chuva e alguns problemas técnicos também. Hoje infelizmente não conseguimos ganhar, tentei muito na primeira prova e um erro de comunicação entre eu e a equipe dificultou no fim porque não sabia que tinha ainda mais uma volta e o Hyundai colou. Acabei em terceiro, o que valeu para empatar nos pontos com o Rodrigo Baptista. Aí veio a segunda corrida e a largada foi ruim, com um piloto -me parece o Baptista- atravessando a freada e fez um pouco de boliche. Fomos todos para a área de escape e conseguimos voltar. São coisas que acontecem… O positivo foi ter voltado, terminado a prova e recuperado a liderança na pontuação. Também é interessante ir sem o peso adicional para a endurance, cumprindo nosso objetivo de sair daqui na liderança e sem o peso do pole position da etapa anterior”
Pepe Oriola

Link para galeria de fotos: https://southamerica.tcr-series.com/galeria-hd/
Link para pontuação: https://southamerica.tcr-series.com/campeonato2021/
Link para resultados: https://southamerica.tcr-series.com/race-results/

CONTATOS
Brasil
Luis Ferrari
ferrari@ferraripromo.com
11 98666.8307

Regional
media@southamerica.tcr-series.com